segunda-feira, 30 de junho de 2008

Acerta o passo Amor!

por Rosana Braga

 

Saí para caminhar num parque perto de casa, esta linda manhã de sol. Em silêncio, atenta a minha própria respiração, era inevitável observar as tantas pessoas que iam e vinham. O dia e aquele lugar estavam encantado-ramente sintonizados. Algumas pessoas andavam sozinhas, outras com seus pares.

Avós brincavam com seus netos, mães e pais com seus filhos. Amigos confidenciavam as novidades entre si e riam de seus causos. Muitas vidas.

Diferentes sonhos. Incontáveis sentimentos.Cada um anda no seu ritmo, pensei numa fração de segundo. Tal reflexão foi decorrente de uma cena específica: já havia notado bem próximo de mim, um casal caminhando a passos largos, como quem quer abandonar a vida sedentária e ganhar em boa forma e saúde.Tanto ele quanto ela eram jovens, bonitos e visivelmente comprometidos, devido à aliança que ocupava o dedo anelar da mão esquerda de ambos.

Depois de alguns bons metros, ela foi ficando para trás, mas distraída com tantas paisagens, sons e movimentos, nem percebeu. Talvez eu achasse que nem ele, não fossem suas recorrentes olhadinhas para trás, a fim de monitorar a distância que os separava.

De repente, como quem não quer diminuir a velocidade, mas também não quer perder de vista sua companheira, ele gritou (num tom imperativo e, ao mesmo tempo, cheio de ternura): "acerta o passo, amor!". Surpreendida pela própria situação, ela se assustou e imediatamente sorriu, dando alguns pulinhos até alcançá-lo. Neste momento, numa atitude sincronizada e cheia de significados, os dois se deram as mãos e continuaram a caminhada em silêncio. Cruzei com eles mais duas vezes e lá estavam, sintonizados, de mãos dadas, provando que basta um tantinho de atenção e disponibilidade para que duas pessoas caminhem lado a lado, rumo a um único objetivo, em última instância: continuarem juntas, cada qual incentivando a outra quando – por qualquer razão - seu ritmo diminuir! Mas, infelizmente, a maioria dos casais anda distraída demais para se dar conta de que o outro está muito adiante ou de que ficou para trás.

Falta atenção de um e disponibilidade do outro. Esquecem de darem-se as mãos e a sintonia vai desaparecendo em meio a rotina cansativa e morna do dia-a-dia. Sempre penso que não importa qual seja o objetivo, um encontro só pode ser bom quando há sintonia, quando os ritmos estão afinados. Porque quando o desejo de um é diferente do desejo do outro, chegará o tempo em que as insatisfações serão cada vez maiores. Seria o mesmo que dizer que não acredito em quem aposta na possibilidade de amar pelos dois numa relação.

Creio que relacionamentos sejam feitos de reciprocidade e troca. Não se trata de contabilizar, mas de cada um fazer a sua parte. Também não se trata de submeter os sentimentos a uma avaliação racional, mas de perceber que dois corações não podem se enxergar quando um corre na frente e o outro corre atrás.

Portanto, se realmente quer estar com uma pessoa, minha sugestão é que você note onde ela está: à sua frente, atrás de você ou ao seu lado? Se a sua resposta não for a terceira opção, trate de acertar o passo, amor!

 

Beijos no coração!

Namastê

 

 

sábado, 28 de junho de 2008

O que é sentir-se só!

por Marcial Salaverry
 
Li em algum lugar, que solidão não é estar só, é estar vazio.
Quem disse foi um garoto, um tal de Sêneca, e é uma grande verdade.
Existem pessoas que enfrentam muito bem a tal da solidão física, ocupando seu tempo procurando fazer sempre algo, e isso não lhe permite sentir-se só... Contudo, existem outras pessoas que preferem algo como cavar um fosso em torno de si e, embora tenham uma familia e pessoas para lhe fazer companhia, sentem-se sós.
Parece muito simplista encarar os fatos dessa maneira, mas é a realidade.
Se, por circunstâncias da vida alguém  tiver que viver só, vai precisar encontrar maneiras de se fazer companhia.
Pode parecer difícil, mas até chega a ser fácil.
Basta que, primeiramente, essa pessoa goste de sentir-se em sua companhia.
Não é difícil você gostar de si próprio. 
Procure se conhecer, saber bem do que você gosta, e faça suas vontades, ame-se, respeite-se. 
Esse é o primeiro passo para vencer o fantasma da solidão.
Encontre um amigo, nem que seja virtual, para desabafar quando a coisa ficar difícil, e o difícil ficará bem mais fácil. Parece coisa de doido, e quem disse que não é mesmo?
(sou eu que estou escrevendo, e mais doido impossível).
Agora tudo se complica quando você se fecha numa redoma e a única coisa que faz é lamentar a solidão, é lamentar os azares, engolindo os sapos que lhe foram servidos no banquete da vida.
Saiba que sapos são bichinhos difíceis de ser digeridos.
Divida seus problemas, seus desenganos, suas tristezas com alguém, e tudo parecerá mais fácil.  Experimentem.
Nunca esquecendo de que se um problema tem solução, esta deve ser buscada, mas se não tiver, esqueça.
E assim, com certeza, ser-lhe-á fácil ter um lindo dia.
 
Otimo fim de semana a todos!!!!!!!!!!
Beijos no coração!
Namastê
 

sexta-feira, 27 de junho de 2008

A Pessoa Errada

Pensando bem, em tudo o que a gente vê, e vivencia, e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.

Existe uma pessoa que, se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
  Porque a pessoa certa faz tudo certinho.
  Chega na hora certa,
  Fala as coisas certas,
  Faz as coisas certas,
  Mas nem sempre a gente esta precisando das coisas certas.
  Ai é a hora de procurar a pessoa errada.

A pessoa errada te faz perder a cabeça
  Fazer loucuras
  Perder a hora
  Morrer de amor

A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar, que é pra na hora que vocês se encontrarem a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.

Essa pessoa vai te fazer chorar

Mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.

Essa pessoa vai tirar seu sono
  Mas vai te dar em troca uma noite de amor inesquecível
  Essa pessoa talvez te magoe
  E depois te enche de mimos pedindo seu perdão
  Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100%  da vida dela esperando você.
  Vai estar o tempo todo pensando em você.

A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo porque a vida não é certa.

Nada aqui é certo
O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo
Amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo, conseguindo.

E só assim é possível chegar aquele momento do dia em que a gente diz:
"Graças a Deus deu tudo certo"

Quando na verdade
Tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada.
Pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra gente...

Nossa missão: Compreender o universo de cada ser humano, respeitar as diferenças, brindar as descobertas, buscar a evolução.

Luis Fernando Veríssimo

 

 

Cadê a minha pessoa errada???????????

Beijos no coração!!!!!!

Namastê

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Diferenças entre presídio e trabalho

 

PRESÍDIO - Você passa a maior parte do tempo numa cela 5x6m.
TRABALHO - Você passa a maior parte do tempo numa sala 3x4m.
 

PRESÍDIO - Você recebe três refeições por dia de graça.
TRABALHO - Você só tem uma, no horário de almoço, e tem que pagar por ela.

 

PRESÍDIO - Você é liberado por bom comportamento.
TRABALHO - Você ganha mais trabalho com bom comportamento.

 

PRESÍDIO - Um guarda abre e fecha todas as portas para você.
TRABALHO - Você mesmo deve abrir as portas, se não for barrado pela segurança por ter esquecido o crachá.

 

PRESÍDIO - Você assiste TV e joga baralho, bola, dama...
TRABALHO - Você é demitido se assistir TV e jogar qualquer coisa.

 

PRESÍDIO - Você pode receber a visita de amigos e parentes.
TRABALHO - Você não tem nem tempo de lembrar deles.

 

PRESÍDIO - Todas as despesas são pagas pelos contribuintes, sem seu esforço.
TRABALHO - Você tem que pagar todas as suas despesas e ainda paga impostos e taxas deduzidas de seu salário, que servem para cobrir despesas dos presos..

 

PRESÍDIO - Algumas vezes aparecem carcereiros sádicos...
TRABALHO - Aqui no trabalho, carcereiros usam nomes específicos: Gerente, Diretor, Chefe...

 

PRESÍDIO - Você tem todo o tempo para ler piadinhas.
TRABALHO - Ah, se te pegarem...


TEMPO DE PENA
No presídio, eles saem em 15 anos.
No trabalho você tem que cumprir 35 anos, e não adianta ter bom comportamento.

 

Porque mesmo que a gente trabalha??? 

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Algo novo...

Olá amigonauta...

Viram que mudei o visual do meu blog? Pois é, mesmo assim ele não está sempre atualizadinho como eu gostaria, criei isso aqui mas ainda não consegui criar o hábito de aparecer sempre... juro que vou melhorar...

Hoje venho me comunicar através do vídeo abaixo...
Beijos no coração!

video